terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Pequenas bailarinas, grandes mulheres

(Bailarina e gerontóloga,Katita Gomes)

O que você faz com o seu talento?

Nós podemos mudar o mundo com o talento que a gente tem.

No mundo da arte,principalmente na música e na dança,várias vezes começamos a pensar no que realmente importa, fama?reconhecimento? e muitas vezes as pessoas são guiadas por esse sentimento e se esquecem que todo talento vale mais do que fama e que muitas vezes,pessoas anônimas,simples, fazem muito mais diferença dos que as estrelas.

Mas por que você está dizendo isso?fama é ruim? Não, a fama não é algo ruim é o resultado de anos de trabalho e ensaio,dias perdidos num Studio de dança,dinheiro gasto...mas muito mais bonito do que uma mulher em um palco é a mulher que faz da vida um palco e usa a dança para colorir o seu mundo e o mundo das outras pessoas.

Pensando nisso eu lembrei de uma pessoa que conheci na aula de dança, eu tinha uns 14 anos quando notei a presença dela.. ou 15 não sei,ela não era a dançarina que chamava mais atenção e se esforçava muito durante as aulas, mas ganhou imediatamente minha admiração,Kátia,chamada por nós de Katita, é assistente social e gerontóloga e resolveu usar sua paixão pela dança para trazer uma nova motivação para vida das idosas com quem ela trabalhava,eu lembro que no início foi muito difícil,mas ela teve paciência e persistiu no seu trabalho, e hoje seu grupo é uma grande referencia, pra mim e pra cidade de Belo Horizonte onde resido.

Com o pouco que ela tinha,Katita fez muito, e vai continuar fazendo, e com o muito que você tem?você tem feito o quê?



(Katita Gomes e o grupo da terceira idade Fios Dourados)


0 comentários:

Postar um comentário