terça-feira, 26 de abril de 2011

Bailarinas gordinhas, vocês podem sim!

Mesmo com o blog parado muitas meninas me procuram através do twitter,do Orkut e por email falando que precisam falar em particular comigo,no começo eu estranhava bastante, o que pessoas que eu nunca vi na vida querem falar em particular comigo? E a pergunta é sempre a mesma: “Oi, eu vi que você tem um blog de dança e sabe, é meu sonho fazer dança do ventre mas eu sou gordinha, eu posso dançar?”
Confesso que na primeira vez que fizeram essa pergunta eu quase fiquei sem resposta!meu Deus! Claro que as gordinhas podem dançar, senão o que raios eu estaria fazendo há 8 anos?como muitas meninas me perguntam e eu realmente só escrevo aqui o que acho relevante (afinal esse não é um blog de atualizações diárias ou até mesmo semanais,é um blog que escrevo com a alma), vou falar para vocês minhas queridas o por que vocês podem e DEVEM dançar.

1: auto estima: não conheço atividade física melhor para mulheres que a dança do ventre e não,não estou puxando sardinha para nosso lado rsrs,eu como uma autêntica gordinha aprendi na dança do ventre a me olhar e me sentir bonita, o trabalho com o corpo, a preocupação com os cabelos,as maquiagens,as roupas, todos esses elementos resgataram a minha feminilidade e me fizeram descobrir a beleza que eu tenho.

2: Dança do ventre emagrece, Olha que coisa boa! : ao contrário do que milhões (exagerada) de pessoas pensam, dança do ventre NÃO engorda,NÃO dá barriga,NÃO deforma o corpo, onde já se viu uma atividade que queima calorias engordar? “Aaaah,mas todo mundo que conheço que dança tem uma barriguinha” se você pensa assim acho que deveria conhecer mais gente,me desculpe.
A dança do ventre não emagrece tanto quanto uma aula de artes marciais ou musculação 7 vezes na semana,isso porque é uma atividade leve, ou moderada em alguns casos (ou mais que moderada no caso da Cia que participo hahahaha).
Junto com uma alimentação balanceada e umas boas aulas de dança do ventre,dá sim para perder peso tranquilamente, e eu falo isso porque entrei para as aulas com 12 anos e 89 quilos ou seja,para a minha idade naquela época eu estava obesa! E quando entrei no corpo de baile (com 14 anos,uma prova que gordinha também não é sinônimo de dançar pior que as magras)  recebi a orientação para perder um pouco de peso.
Com juízo, determinação e esforço com 16 anos eu pesava 52 quilos, olha a diferença! O que você come depois da sua aula de dança é o que engorda,não a dança.
Hoje eu estou um pouco acima do peso de novo por conta dos remédios mas isso não me impede de dançar e de dançar bem!

“Mas Nathália,eu não quero fazer aula de top perto daquelas meninas magrinhas”
Sinceramente? Nem eu! Eu não me sinto bem e uso collant+calça bailarina+lenço de quadril (quando tenho aula de jazz antes) ou macacões,existem inúmeras costureiras que fazem macacões próprios para a dança do ventre,com uma leve transparência,bojo,bordados,mil e uma coisas!

Eu desejo emagrecer,é uma coisa pessoal,minha, mas tenho uma amiga (de uma auto estima invejável diga-se de passagem) que me disse uns dias atrás: Nathy, eu sei que não sou magra,mas eu adoro meu corpo,não mudaria nada em mim... frases que entre um passeio e outro pelo shopping ficam na minha cabeça para o resto da vida.
No final o que importa são somente duas coisas: você se amar e ter saúde,clichê, mas é verdade.
NUNCA deixe de fazer o que ama porque você não se encaixa em um padrão qualquer, a dança do ventre é pra todas!sem nenhuma exceção,deixo para vocês no final desse post um vídeo que o meu pai, professor de Tango há mais de 30 anos, me mandou em um dia onde eu estava reclamando demais do corpo e da vida,é um dos vídeos mais incríveis que já vi,e apesar de não ser de dança do ventre vai servir como lição para vocês como serve para mim até hoje.
Só mais uma coisa a dizer:Gordinhas e Magrinhas, avante! Todas temos beleza ao dançar.


Ps: Meninas não se esqueçam do chat de dança do ventre: group203212@groupsim.com é só adicionar como um contato normal. beijos

2 comentários:

Jess disse...

A Nath, nos podemos falar de cadeira mesmo, de que ser ou estar gordinha não interfere em nada na qualidade da dança. As pessoas tem mto preconceito, pela visao que elas tem da dança. Agora uma coisa mto comum q eu escuto de pessoas q fizeram dança do ventre (sim, pq vc sabe, que nesse meio, quem fez 3 aulas se acha praticamente a próxima Lulu Sabongi rs) por pouco tempo é de que dança do ventre da barriga, é complicado explicar que nao existe exercicio fisico que forneça flacidez... as pessoas ainda tem a mente mto, mto fechada mesmo, espero q no futuro as pessoas mantenham a mente mais aberta e estudem, e ai sim vão perceber o quanto a DV é democrática!

ANA MARIA DA SILVA PAULA disse...

gratidão pelo video e pelo ensinamento, ser gorda pra mim me deixa timida para dançar, porque me sinto redonda, tem mulheres que são gordas mas que tem formato na cintura, no meu caso to sem forma! mas eu vou dançar sim, porque me sinto bem dançando!

Postar um comentário