terça-feira, 10 de maio de 2011

Uma nova fase começa.

"A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração."
 C. Chaplin

A vida é feita de fases,boas ou ruins,quem acompanha o blog sabe das que já vivi,tanto pessoais como na dança, a fase de ser a pior da turma, a gordinha,de estar muito magra,de ser uma excelente bailarina em termos técnicos,de adoecer e de lutar para "recuperar o tempo perdido",isso tudo faz parte de mim e hoje vim para contar de uma nova fase da minha vida,uma fase de estudo e que se Deus quiser,de muito sucesso pessoal,não comentei aqui no blog sobre minha vida de fotógrafa e como esse novo emprego me lembrou do que eu mais amo: dançar.
Nunca imaginei que eu acabaria fotografando bailarinas,mas isso tem me dado um prazer imenso e um pouco de saudade do que eu era,uma parte de mim que ainda existe e que só depende de mim para voltar,eu comecei a achar a minha saudade estúpida,pois aquilo que eu queria e tanto sentia falta estava aqui o tempo todo, chega uma hora na vida de uma bailarina que ela deve dizer "até logo" e essa hora chegou para mim,por mais que eu goste das apresentações,é hora de me recolher,me reciclar,estudar muito e focar no meu objetivo:dar aulas.
Um convite, que parece ser um sinal,chegou hoje para mim,hoje eu conheci as minhas meninas, meninas querem aprender a dançar e nada aquece mais meu coração do que saber que eu posso ensinar tudo que aprendi,não só a dança em si,mas disciplina,esforço,amor próprio e principalmente respeito,respeito a si,aos outros e a cultura árabe,eu valorizo cada pedaço da história que compõe os passos que danço hoje e acredito que isso faz parte de quem eu sou e não consigo ensinar de outra forma e eu só sei o que sei e sou a pessoa que sou porque dentro de mim tem um pedaço de todas as professoras que passaram na minha vida,mas principalmente a Yusk,tudo que eu sei eu devo a ela e ela tem um espaço enorme no meu coração,eu entrei para a Cia quando criança,passei a adolescência e entrei na fase adulta lá,essa Cia tem um pedaço de mim e eu sou um pedaço dela,sou também um pedaço da minha professora e eu me orgulho muito da onde eu vim,ali é minha casa e eu nunca vou deixar de verdade,mas eu vivo uma fase que preciso ir aonde precisam de mim,preciso ensinar as minhas alunas as lições que aprendi e principalmente preciso ser ensinada também.
Hoje é meu último dia na Cia,eu não posso dizer que nunca vou retornar porque ainda não sei,aprendi a dar um passo de cada vez,mas eu nunca,nunca vou deixar de ser aluna da Yusk e nunca vou deixar de ser grata por esses anos, eu não tive coragem de ir me despedir,mas não acho que isso seja realmente um adeus.
Eu desejo muito sucesso e luz todas.
Yusk e Eu, meados de 2006/2007 não me lembro.

Tia Yusk, Tia Walesk e Guilherme.
Amo vocês.

0 comentários:

Postar um comentário